A educação não formal compõem todo e qualquer projeto de cunho social, visto que nesses projetos muitos dos alunos (público alvo) tem passagem ativa ou não na educação formal. Considerando isso, projetos sociais necessariamente precisam de uma estrutura mínima para que possam garantir a sua sustentabilidade em relação aos seus patrocinadores e ou investidores sociais.

Um bom exemplo são as ações empreendidas por algumas empresas de consultoria, como exemplo a Gestão Transversal.